O que é realismo

Movimento realista
Reprodução
O escritor russo Máximo Gorky foi um dos representantes do realismo

Nas artes, o realismo é um estilo de representação artística em que a obra oferece um retrato ou uma descrição rigorosa e detalhada da natureza ou da vida contemporânea. O realismo na estética e na literatura rejeita as idealizações da imaginação e trabalha com uma íntima observação daquilo que está aparente. O realismo emergiu como um movimento artístico na segunda metade do século 19 na Europa, embora em outros momentos históricos, como por exemplo na Grécia Antiga ou no século 17, pintores e escultores tenham pautado seus trabalhos em várias características de um realismo estético. Entre os principais nomes do realismo do século 19 estão o pintor francês Gustave Courbet, considerado o pai do movimento, o escritor Gustave Flaubert e o dramaturgo russo Anton Checkov. Na filosofia, o realismo designa uma doutrina que considera que as coisas existem independentemente de qualquer observador humano estar pensando sobre elas ou as percebendo. Nesse sentido, na filosofia da ciência, o realismo constitui uma teoria que possibilita a construção de modelos teóricos dos objetos de pesquisa - como de átomos ou moléculas, por exemplo - para que sejam feitos estudos de eventos observáveis a partir deles.

Assuntos relacionados