Os melhores rocks nacionais de todos os tempos

Autor: 
Sílvio Anaz
melhores rocks nacionais

No começo eram apenas versões. Um mundo de biquínis de bolinhas amarelinhas e banhos de lua embalados por sucessos dos primeiros rocks internacionais, que ganhavam letras em português interpretadas por cantores como Celly Campello, Ronnie Cord e Demétrius.

Foi somente em meados dos anos 60 que começou a surgir uma produção diferenciada de rocks brasileiros. Canções que cantavam sobre carrões envenenados, paqueras e festas de arrombas, cheias de playboys, brotinhos e beijos splish-splash, fizeram o sucesso da Jovem Guarda. Ainda que totalmente inspirado nas sonoridades do rock de lá de fora, ali tivemos o primeiro verdadeiro movimento do rock nacional. Dele surgiram ídolos como Roberto Carlos, Jerry Adriani, Erasmo Carlos e Wanderléa.

Mutantes
Foto: Agência Estado
Os Mutantes criaram alguns dos melhores
rocks brasileiros de todos os tempos

Uma versão verdadeiramente abrasileirada no rock só surgiu mesmo no final dos anos 60 com o Tropicalismo. O movimento tropicalista misturou ingredientes como a batucada e o samba a um rock psicodélico, que dominava o cenário pop internacional naquele momento. Seguindo os preceitos do Modernismo de quatro décadas antes, os tropicalistas produziram os primeiros rocks brasileiros verdadeiramente antropofágicos. O grupo Os Mutantes foi um dos destaques dessa sonoridade que emergiu com a Tropicália.

Raul Seixas
Foto: Agência Estado
Raul Seixas é um dos mais cultuados
artistas do rock nacional

Mas a onda tropicalista não durou muito, Os Mutantes acabaram e a década seguinte não trouxe grandes novidades estéticas no rock brasileiro. Nos anos 70, apesar de algumas reminiscências roqueiras da Tropicália nas músicas de alguns artistas, como os Novos Baianos, os expoentes do rock nacional foram Rita Lee e Raul Seixas. A influência de elementos brasileiros, como o forró e o baião, eram marcantes nas canções de Raul, enquanto que Rita Lee ao longo da década seguiu rumo a um som mais dançante e pop.

Uma renovação aconteceria na virada dos anos 70 para os 80. Influenciados pelas tendências do pop-rock internacional naquele momento, como o punk, new wave, reggae e gótico, novos grupos como Legião Urbana, Titãs e Os Paralamas do Sucesso deram cara nova ao rock nacional durante a década de 80. Desse período despontaram algumas das melhores composições nacionais no gênero. No início dos anos 90, surge o Mangue Beat, uma original estética musical que misturou rock, influências da música eletrônica e maracatu (ritmo popular pernambucano). Um dos destaques do Mangue Beat foi Chico Science e Nação Zumbi.    

Renato Russo
Foto: Agência Estado
Renato Russo, da Legião Urbana,
um dos grandes compositores da canção jovem

De lá para cá o rock brasileiro continuou a assistir ao surgimento de bandas e artistas influenciados pelas estéticas internacionais como o grunge, a cena indie da virada do milênio e o emocore.

Desde os anos 50 do século passado, além dos dois movimentos que deram características bem brasileiras ao rock feito no país – o Tropicalismo e o Mangue Beat –, os roqueiros brasileiros têm uma considerável produção de canções que se tornaram “clássicos” da música jovem. Selecionamos dez que consideramos entre as melhores canções do rock nacional de todos os tempos. Descubra quais são elas nas próximas páginas.