As melhores músicas dos anos 80

Autor: 
Sílvio Anaz
As melhores músicas dos anos 80

Nos anos 80, o medo de uma guerra nuclear assombrava a todos. A AIDS tornava o prazer sexual um risco de vida. Mullets, ombreiras, calças bag e cores cítricas estavam na moda. Mas, nem tudo era um horror. A música jovem viveu um de seus melhores momentos. Naqueles anos, o pop e o rock se encontraram definitivamente para produzir um dos mais ricos repertórios da história da canção jovem.

Edição comemorativa do lançamento do disco The Queen is Dead do The Smiths
Reprodução
Edição da New Musical Express comemorativa do lançamento do disco "The Queen is Dead", do The Smiths, que trouxe a canção "There Is a Light That Never Goes Out", uma das melhores da década de 80

Influenciados pelos ecos do punk e pela ascensão da música eletrônica, a música pop e o rock da década de 80 refletiram um impacto cultural comparável aquele que mudou os rumos da música e do comportamento jovem nos anos 60. Se bem que desta vez a mudança foi numa direção bem diferente. Foi uma época em que as canções e a atitude jovem tornaram-se menos idealistas e mais pragmáticas, menos esotéricas e mais materialistas, menos contemplativas e mais dançantes.

Abriu-se um leque de novas sonoridades que iam do punk misturado com ritmos jamaicanos do The Clash e The Police até o rock com batida eletrônica do New Order e Depeche Mode. Foram compostas algumas das mais belas letras da história da canção jovem. Engajadas, românticas ou simplesmente divertidas, elas deram vozes às novas percepções do mundo pela juventude, expressas em sucessos de grupos como U2, The Smiths, The Cure, REM, Public Enemy e muitos outros.

Foi um período que deixou como herança centenas de clássicos da cultura pop. Alguns graças à beleza poética das letras, outros pela inovação da sonoridade. E muitos pela perfeição como letra e música se harmonizaram para revelar os sentimentos dos jovens em uma época cheia de ameaças e transformações.

Na verdade, a estética pop dos anos 80 começou a ser construída no final da década de 70. No rescaldo do punk, que decretou definitivamente o fim da estética hippie, emergiram novos movimentos musicais. Entre eles, a new wave de Talking Heads, Blondie e B-52’s e o pós-punk britânico do Joy Division. No repertório desses grupos, músicas curtas, aceleradas, divertidas ou agressivas já mostravam o peso que o estilo punk teria sobre as canções dos anos 80, assim como o uso de sintetizadores e baterias eletrônicas indicava como seria crescente a presença da música eletrônica no pop a partir daquele momento.

Capa do álbum Thriller de Michael Jackson
Reprodução
Capa do álbum "Thriller", de Michael Jackson, que traz "Billie Jean"

Dentro do amplo repertório de boas canções deixado pelos anos 80, não foi nada fácil selecionarmos apenas dez. Mas, nós tentamos. Conheça na página a seguir quais são, em ordem cronológica, dez das melhores canções dos anos 80 na nossa avaliação.