16 de agosto de 1977 - morre Elvis Presley

Autor: 
Katie Lambert

A morte de Elvis Presley, em 16 de agosto de 1977, entristeceu o mundo. Após uma longa batalha com problemas de saúde, o rei do rock 'n roll havia caído.

Elvis Presley nasceu em 8 de janeiro de 1935, em Tupelo, Mississippi. Seu gêmeo idêntico nasceu morto, e Elvis cresceu como filho único em uma família de classe operária. Elvis ganhou seu primeiro violão como presente de aniversário porque seus pais não tinham dinheiro para comprar uma bicicleta.

Elvis Presley na Casa Branca em 1970
Imagem cedida pelo Escritório Executivo do
Presidente dos Estados Unidos

Elvis Presley na
Casa Branca em 1970.
Veja mais fotos de Elvis
Presley
 (em inglês).

Em 1948, os Presley se mudaram para Memphis, Tennessee, vivendo em moradias públicas em alguns momentos. Elvis cresceu em meio ao blues e gospel. Ele trabalhou como motorista de caminhão de entregas e como eletricista enquanto tentava iniciar uma carreira musical. Sua oportunidade no Grand Ole Opry foi uma decepção. Uma pequena oportunidade no "Louisiana Hayride", um programa de rádio em Shreveport, La., deu um impulso inicial à sua carreira. Ele assinou seu primeiro contrato com a RCA em 1955 no valor de US$40.000, um valor sem precedentes. Em 1957, a RCA lançou "Heartbreak Hotel", que atingiu o topo da lista de singles da Billboard e vendeu mais de um milhão de cópias.

1956 foi um ano dourado para Elvis. Ele assinou um contrato de cinema com a Paramount Pictures e sua música continuou a figurar no topo das listas. Os fãs lotavam as suas apresentações. As mulheres ficavam malucas com Elvis e ele se tornou uma figura controversa por seus passos de dança com conotação sexual. Ed Sullivan pagou muito caro para Elvis se apresentar no seu show, após ter jurado que nunca o chamaria. O show obteve os mais altos índices de audiência já obtidos por um show de variedades na TV. Eles o filmaram da cintura para cima, para que seus quadris giratórios não escandalizassem o público familiar. Elvis e seu empresário ganharam dinheiro com todo tipo de mercadorias de Elvis: desde batons até papéis de carta e envelopes. Os fãs compraram mais de US$22 milhões em mercadorias em questão de meses. "Love Me Tender", seu primeiro filme, foi lançado na Cidade de Nova York com várias canções de Elvis na trilha sonora e se tornou um enorme sucesso.

Em 1957, o serviço militar levou Elvis para outro continente como soldado. Ele conheceu Priscilla Beaulieu na Alemanha e eles se casaram (em inglês) em maio de 1967. Nove meses depois do casamento, Priscilla deu à luz Lisa Marie. Elvis continuou a atuar em filmes e ficou ainda mais famoso.

Elvis e Priscilla se separaram em 1971. A saúde de Elvis começou a se deteriorar e ele ficou viciado em medicamentos vendidos sob prescrição médica. Ele foi hospitalizado várias vezes ao longo dos anos, por enfermidades desde hepatite até pneumonia. Ele engordou muito e seu vício e má saúde afetaram suas apresentações. Seu estilo evoluiu de couro preto para macacões cintilantes. Elvis continuou a fazer turnês, mas passava cada vez mais tempo nos hospitais.

Em 16 de agosto de 1977, a namorada de Elvis o encontrou morto no banheiro em Graceland. O médico legista disse que ele morreu de arritmia cardíaca. Persistem rumores de que Elvis tomou uma overdose de medicamentos vendidos sob prescrição médica, mas os resultados da autópsia foram ocultados. Algumas pessoas ainda se recusam a acreditar que ele morreu.

O que tornou Elvis tão especial? John Lennon disse: "Antes de Elvis, não existia nada". Artistas de Al Green a Mick Jagger expressam a sua admiração por alguém tão original, o homem que escancarou as portas do mundo musical e trouxe para dentro o rock 'n roll, que abriu caminho para futuras super-estrelas do rock. Essa estrela brilhante era um garoto sulista com charme em abundância e um forte sentimento por suas raízes. Ele nunca deixou de manter contato com suas origens. Greil Marcus, um escritor musical, falou sobre o auge de Elvis, "Se já existiu música que sangra, eram as de Elvis" [Fonte: Elvis.com - em inglês].

 

Saiba mais: Elvis Aaron Presley

Não é de se admirar que tanto já foi escrito sobre Elvis Aaron Presley. Um dos cantores mais fenomenais do século XX, ele era abençoado com uma rara combinação de talento, aparência e charme atraente. Sua carreira lendária, com suas controvérsias freqüentes e aclamação geral, lhe renderam fama extraordinária e sucesso sem precedentes. Sua história de vida de ascensão da pobreza à riqueza apresentava todos os elementos clássicos: uma ascensão meteórica à fama, um estilo de vida de opulência, hábitos excessivos, morte trágica e pública demais. Saiba mais sobre o rei do rock 'n roll (artigos em inglês).