Como funciona o Closed Caption na televisão?

O closed caption pode ser extremamente útil em pelo menos três situações:

  1. uma revolução para os telespectadores surdos;
  2. é de extrema utilidade em ambientes barulhentos como aeroportos e terminais rodoviários;
  3. algumas pessoas o utilizam para aprender a ler ou aprender um outro idioma.

O closed caption é acrescentado no sinal de televisão e torna-se visível com o uso de um decodificador específico que pode ser adaptado a televisores. Este decodificador permite a leitura das legendas, geralmente localizadas na parte inferior da tela, contendo as falas que são ditas no programa. Desde 1993, nos EUA, os televisores com telas de 30 cm ou mais devem conter o decodificador obrigatoriamente, conforme a lei do Sistema de Decodificação Televisiva. É possível também adquirir um decodificador para ser adaptado em televisores antigos.

As legendas ficam ocultas na linha 21, encontrada no espaço branco vertical do sinal de televisão. Caso tenha lido o artigo Como funciona a televisão ou o V-chip (em inglês), deve se lembrar sobre o intervalo. Trata-se de uma parte do sinal de televisão que envia o comando para que o canhão de elétrons transmita a próxima imagem. A linha 21 fica no espaço estipulado para as legendas (assim como o timecode e informações do V-ship). Cada imagem pode transmitir duas linhas de caracteres (ou comandos especiais que controlam a cor, brilho, etc.).

Diversos programas e comerciais oferecem legendas hoje em dia. Muitos programas antigos contam agora com essa nova tecnologia. Os programas de TV que possuem essa opção são classificados como "CC". Caso seu televisor tenha o decodificador, você poderá utilizar as legendas. Verifique no manual.

Alguns programas são legendados em tempo real. Ou seja, durante uma transmissão ao vivo ou eventos específicos, as legendas aparecem com apenas alguns segundos de atraso após a fala. Um estenógrafo ouve as falas e digita as palavras num programa de computador especial que adiciona as legendas ao sinal de televisão. O digitador deve ser extremamente rápido e preciso.

Outros programas contêm legendas que foram adicionadas após terem sido feitos. Os escritores de legendas usam roteiros e assistem o programa para que possam acrescentar palavras que descrevam efeitos sonoros. Num programa de auditório, por exemplo, quando não há diálogo mas o público está rindo, a legenda dirá "público rindo".

Artigos relacionados 

Mais links interessantes (em inglês)