Variedades de café

Autor: 
Debra Beller

O café possui duas variedades principais: arábica e robusta. O café arábica descende dos pés de café originais da Etiópia. O café feito a partir desta variedade tem sabor suave e aromático. Ele é o rei dos cafés e responde por cerca de 70% da produção mundial. Esta espécie cresce melhor em grandes altitudes, entre 610 e 1.829 m acima do nível do mar. Temperaturas amenas (16º a 24º C) e cerca de 152 cm de chuva por ano garantem o crescimento do café arábica.

Os maiores produtores de café
Esta lista é baseada no número de sacas de 60 kg produzidas em 1997/1998, de acordo com a National Coffee Association of the United States (site em inglês):
    1. Brasil
    2. Colômbia
    3. Indonésia
    4. Vietnã
    5. México
    6. Etiópia
    7. Índia
    8. Guatemala
    9. Costa do Marfim
    10. Uganda

    Os pés de café robusta representam cerca de 30% do mercado mundial. O grão é menor e mais redondo do que o arábica. A espécie robusta é uma planta vigorosa e pode suportar temperaturas mais quentes, até 29°C (85º F). Ela também pode se desenvolver bem em altitudes mais baixas em comparação com a espécie arábica. Os grãos do café robusta produzem um café de sabor amargo com cerca de 50% mais cafeína do que o arábica. Você encontrará plantações do café robusta no sudeste asiático e no Brasil.

    Os especialistas em café discutem sobre os grãos como os amantes do vinho discutem sobre as safras dos vinhos. Os grãos das plantações da África e da Arábia são caracterizados como "complexos, de vermelho intenso ou de tom mais suave". O café da América Latina é descrito como de "sabor puro, aromático e brilhante". Os cafés do sudeste asiático são tipicamente "encorpados e com aroma de terra".

    Muitos cafés são uma combinação de vários tipos, o que produz um aroma mais complexo.